Tenho percebido um aumento no número de e-mails que recebo semanalmente relacionados ao processo de queima da gordura durante o exercício. É natural que muitos praticantes queiram saber qual o melhor método para acabar com os pneuzinhos durante seus treinos, pois o calor nos leva a vestir menos roupas e deixar o corpo mais exposto. E quem não quer exibir uma silhueta magra?

Há pelo menos três décadas criou-se o paradigma de que o treino leve e prolongado proporciona maior queima de gordura. Afinal, sabe-se que este processo ocorre em maior grau quando a intensidade do esforço é baixa e o tempo de exercício precisa ultrapassar os 30 minutos. Será? Em 2001, Véronique Billat, uma conceituada pesquisadora francesa, publicou artigo de revisão bibliográfica sobre os diferentes métodos e os respectivos efeitos fisiológicos no organismo de corredores de média (800m e 1.500m) e longa distância (acima de 5.000m).

Uma grande novidade trazida pelos estudos de Véronique Billat foi a de que o treinamento intervalado (aquele onde o corredor alterna intervalos em alta intensidade com períodos de caminhada ou trote em baixa velocidade) se mostrou mais efetivo para a queima de gordura do que a corrida contínua. Não parece lógico, mas já há algum tempo especialistas questionam o conceito de que o exercício de baixa intensidade e longa duração seria o único método eficaz para queimar gordura.

Ainda assim, mesmo com um novo conceito comprovadamente eficaz, é preciso enxergar e avaliar todos os aspectos ao planejar o treino mais adequado. O método intervalado é importante, até mesmo para ajudar a queimar gordura. Só que apenas indivíduos moderadamente treinados (aptos a correr 10km de forma confortável), dentro de sua faixa de peso corporal e com um nível básico de fortalecimento muscular é devem explorar esta alternativa. Lembro que o risco de lesões aumenta quando se imprime velocidades mais altas, até porque o impacto nas estruturas do corpo aumenta.

De volta às necessidades que o verão impõe. Para ajudar a queimar as gorduras indesejáveis, os mais condicionados podem planejar o treino intervalado – terão um ótimo resultado. Já os iniciantes, com um pouco de paciência e disciplina, também poderão adquirir o preparo físico adequado para iniciar o mesmo tipo de treinamento no verão.